Nova Zelândia, Reflexões

O que mudou em oito meses

Um ano passa, outro ano vem e a listinha de metas continuava a mesma. Aumentava às vezes, mas pouquíssimos itens – se algum se quer – eram riscados da lista. E agora começo a entender por que. Sinto que meus objetivos estão mais claros do que nunca. Me considero uma pessoa semi-decidida. Algumas coisas são muito fáceis para mim, como planejar uma viagem internacional e ir sozinha, mas outras eu empurro com a barriga até não poder mais, como meu desejo de aprender Francês desde 2012 e até  ...

Leia mais