Nova Zelândia

Como é morar na Nova Zelândia?

Percebi que nunca escrevi como é, de fato, morar na Nova Zelândia. Já faz mais de um ano que moro aqui e venho pensando bastante no meu futuro na NZ — será mesmo que vai ter futuro? Vou tentar ser o mais breve possível, apesar de ter muitos pontos positivos e negativos de morar aqui, mas acredito que seja assim em qualquer lugar do mundo, né?

Antes de tudo gostaria de explicar que meu sonho nunca foi a Nova Zelândia. Não fazia ideia que muita gente sonhava em vir pra cá e conhecer as paisagens icônicas — Senhor dos Anéis e As Crônicas de Nárnia. Toda vez que falo isso para um brasileiro que quer imigrar, sou bombardeada de perguntas e incentivos para não desistir. “A vida no exterior é difícil mesmo.” Sim, é verdade. Nós temos que passar por muitas situações quando somos estrangeiros, mas e se eu quiser me poupar desse tipo de coisa? A verdade é que eu não sei se a Nova Zelândia está valendo mais a pena para mim, mas talvez para outras pessoas seja diferente (OK, fim do desabafo!).

Pontos positivos

Alguns deles já mencionei no post sobre impressões da Nova Zelândia, então tentarei focar em outros menos óbvios.

Facilidades. Pagar contas pela internet. O famoso paywave, em que você apenas toca o cartão sobre a máquina e já paga sem precisar de senha. Muitos ‘ubers’ pra quem não tem carro. Você consegue até abrir uma empresa somente pela internet!

Aprender inglês. Tem milhares de escolas baratas na NZ para iniciantes. Se você não sabe absolutamente nada de inglês, vai achar os cursos interessantes! Se você já tem um domínio bom, vai achar bem chato. O conteúdo empaca depois do avançado e você consegue tirar pouco proveito disso. Muita gente não se importa se você não fala fluente, mas para achar emprego tem que ser no minímo um nível avançado.

A NZ é um dos países mais seguros e menos corruptos do mundo, além de ter um dos IDHs mais altos. Está sempre no ranking dos melhores países para se viver. Esses fatores são notáveis logo nos primeiros momentos no país. As escolas aqui também são muito boas tanto públicas quanto particulares, apesar de também terem um alto índice de bullying.

Amigos do mundo todo. Você vai ter uma ‘desculpa’ para visitar vários países e, com sorte, acomodação e guia grátis

Bom para a família inteira. Se você tem filhos, vai adorar a Nova Zelândia. Conheci muitos brasileiros que trouxeram a família inteira para morar aqui. Todos concordam que a NZ é um ótimo lugar para criar os filhos!

Novidades, novidades, novidades. Você está do outro lado do mundo! Aqui as coisas são diferentes. A história da Ásia é muito mais importante para se aprender na escola do que a da Europa. O que é mesmo a América Latina? Muita gente nem sabe onde o Brasil fica! É como se tudo que você conhecesse e julgasse importante não fizesse muito sentido aqui. Cada dia é um novo aprendizado.

Nova Zelândia - Mount

Pontos negativos

Auckland está lotada. Com tantos estrangeiros em um lugar só, fica difícil encontrar emprego e moradia. O governo incentiva os estrangeiros a irem para outras cidades, mas como elas são muito pequenas, também fica difícil arranjar trabalho. As leis da imigração estão mudando este ano e ficará mais difícil conseguir residência na NZ por causa disso.

Dificuldades. Do mesmo jeito que há coisas muito simples, há coisas complicadas. E às vezes são apenas complicadas porque os kiwis gostam de deixar a vida deles mais difícil. Por exemplo, ninguém lê e-mail nesse país. Se você quer que alguém te responda, ligue ou vá pessoalmente encontrá-lo. Ou quando você compra um carro baratinho de 2.000 dólares, acreditando ser uma pechincha! Surge um problema e os mecânicos simplesmente se recusam a consertá-lo porque é ‘caro demais‘ ou ‘velho demais’. A maioria dos carros aqui são antigos e as peças vem da Coréia do Sul ou do Japão, por isso o conserto é caro.

É meio chato. Se você quer vir para morar e não dar uma de mochileiro, vai achar a vida aqui um pouco entendiante. Muitos estrangeiros ficam entediados e não veem a hora de se mudar para a Austrália, que é a vizinha descolada e mais legal.

É meio caro. A Nova Zelândia é uma ilha. Quase tudo é importado. Apesar de super interessante e emocionante, o turismo aqui não é dos mais baratos. Pode ir separando pelo menos 100 dólares neozelandeses para cada tour ou atração que você queira fazer ou visitar. É muito melhor ser turista independente.

Todos os seus amigos vão embora em algum momento. Quando se tem residência, acredito que isso não seja mais um problema. Se você for estudante ou tiver um visto de trabalho temporário, seus amigos provavelmente vão ser como você. A maioria volta para o seu país com o passar do tempo, e é sempre chato ‘perder’ amizades. É difícil manter o contato com a distância.

Desastres naturais. Em 2011, Christchurch foi abalada por um terremoto de 6.3 de magnitude. Muitas pessoas morreram e desapareceram e a cidade ficou parcialmente destruída. Em 2016, teve outro terremoto um pouco mais fraco, mas ainda assim deixou muitos estragos e estradas destruídas. Meus pais e amigos mandaram mensagens desesperados no whatsapp, perguntando se estava tudo bem — eles noticiariam como se o terremoto fosse na NZ inteira. Se você quer ficar na ilha sul ou em Wellignton, que é a capital, é um risco que se corre. Também há muitas chances de tsunami em quase todas as cidades grandes e às vezes a gente ouve algo sobre uma tempestade tropical ou outra.

Auckland

A Nova Zelândia é ideal para quem, afinal?

Se você gosta de aventuras e explorar lugares exóticos, uma viagem pelo país com certeza vale a pena. Se você tem família e está procurando um lugar mais tranquilo para morar, a NZ é uma boa escolha. Se você gosta de natureza, andar na praia enquanto a brisa geladinha bate no seu rosto, e tomar muito chá, venha pra cá correndo!

Se você quer muito imigrar, a NZ é um dos destinos ‘mais fáceis’ e convidativos, apesar do governo estar mudando muitas regras na imigração. Muita gente vira residente e, após uns cinco/seis anos, se mudam para a Austrália. As novas regras vão facilitar a vida de quem vem pra cá com experiência de trabalho, mas se você está começando a carreira é um pouco mais complicado. Eles querem justamente atrair pessoas mais qualificadas e não estudantes jovens.

Se você quer ganhar experiência de trabalho fora do país, provavelmente há lugares melhores ~na minha opinião~. A NZ não é bem a terra das oportunidades. Se você quer festar, não venha.  Se você quer juntar dinheiro, vá para a Austrália. Se você acredita que imigrar é a solução mágica para todos os problemas da vida, repense.

Sites uteis para tirar dúvidas

Espero que este post tenha sido útil!

Beijos,
Nath.

12 Comments

  1. Jade Amorim

    4 de julho de 2017 at 14:51

    Eu tenho MUITA vontade de conhecer a NZ, mas não para morar, apenas passeio mesmo. Espero que as coisas fiquem melhores para você, e olha, aqui no Brasil tá bem ruim viu? :c

    Beijos!

    1. Nath

      10 de julho de 2017 at 13:29

      Ai, Jade, muita gente me diz isso também! Tá bem complicado aí, e isso só me deixa mais confusa haha

  2. Claudia Hi

    4 de julho de 2017 at 22:48

    Eu sempre gosto dos seus posts porque você é sempre sincera no seu ponto de vista Nath. A gente (brasileiros que vivem no Brasil) acha que a vida de quem mora em outro país é bem mais fácil e que não tem dificuldades. É bom saber que nem tudo são flores mesmo num país tão desejado pelos turistas.

    Espero que você encontre seu caminho Nath. Boa sorte pra você! ♥

    1. Nath

      10 de julho de 2017 at 13:30

      Obrigada, Cláudia ♥♥

      Acho que a vida é a mesma em todo lugar hahaha A gente só acha que a vida dos outros é melhor que a nossa, mas no fim é tudo igual né?

  3. Fran Oliveira

    6 de julho de 2017 at 03:33

    É um lugar que eu acho bastante interessante! Ainda mais depois, que assistir uma matéria de todas as coisas daí, fiquei com muita vontade de conhecer um dia.
    Eu já tinha imaginado algumas de coisas e termos de economia, já que é um país que não faz fronteiras com outros. Mas, é interessante, ouvir de alguém que morar aí. Aliás, é bem legal saber que nem tudo é perfeito no país!
    Que tudo se resolva por aí, desejo muita sorte! <333
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com

    1. Nath

      10 de julho de 2017 at 13:32

      É bem chato essa geografia afastada da NZ às vezes, mas não dá pra mudar né!
      Obrigada, espero que tudo se resolva também hehe

  4. Camila Faria

    6 de julho de 2017 at 08:15

    Oi Nath, acho que todo lugar tem seus lados positivos e seus lados negativos, né? Gostei do post, achei bem bacana da sua parte não mencionar só as coisas boas. Tenho muita vontade de conhecer a Nova Zelândia, mas nunca fiz planos de me mudar para fora do Brasil. Quem sabe no futuro? Um beijo!

    1. Nath

      10 de julho de 2017 at 13:33

      Vale a muito a pena viajar pra cá como turista. O país é lindo!

      Eu não gosto de falar apenas os lados positivos. Quando a gente muda de país tem que saber ambos os lados para não se decepcionar depois!

  5. KARINE

    6 de julho de 2017 at 14:31

    eu também acho que nenhum lugar é completamente perfeito, a gente tem que acabar com essas ilusões pra não se decepcionar, né? eu não sei se me daria tão bem na NZ, porque por mais que eu goste de natureza/aventura, eu também tenho algo que me prende em cidades grandes e mais agitadas, sabe? certamente morreria de amores conhecendo e talvez passando uma temporada curta, mas enfim… hahaha adorei o post ♥

    1. Nath

      10 de julho de 2017 at 13:35

      Então, acho que você não iria gostar tanto de ficar muito tempo! A maior cidade daqui — Auckland — tem muita cara de cidade pequena hahahaha

      Obrigada! Q bom que gostou! 🙂

  6. Yuri S

    13 de julho de 2017 at 07:04

    Uau, acho que você jogou todas as verdades na nossa cara agora! haha É incrível que a gente pensa que tudo fora do Brasil é só mil maravilhas mas não é bem assim, né? As dificuldades existem em qualquer lugar. E se você não está se sentindo confortável aí, realmente deveria mudar. Saúde em primeiro lugar.

    http://www.sextadimensao.com/

    1. Nath

      14 de julho de 2017 at 20:10

      Ai, Yuri, que bom que tem mais gente que pensa como eu! hahaha

      A maioria das pessoas prefere ficar num país que não gosta ou numa situação ruim apenas por ser ‘primeiro mundo’. Não é bem assim a vida, infelizmente.

      ♡♡

Leave a Reply